SportLife

Mostrar items por tag: tabaco

Deixa de fumar

Sexta, 27 Maio 2011 14:43

O síndrome de abstinência do tabaco é mais forte do que as dores de qualquer treino que já tenhas feito, vai custar e não vamos mentir-te a esse respeito. No entanto, os benefícios na tua saúde vão começar a aparecer após 24h com a redução dos níveis de nicotina e monóxido de carbono, um potente carcinogénio, 72h depois a respiração fica mais liberta graças ao relaxamento dos brônquios e 2 a 12 semanas depois a circulação sanguínea melhora em todo o corpo, o treino irá custar menos assim como as actividades do dia-a-dia.

Tabaco e obesidade

Segunda, 23 Abril 2012 12:07

Uma investigação norte americana concluiu que os fumadores têm maior propensão para acumular gordura na zona abdominal podendo chegar, em média, a pesar mais cinco quilos do que pessoas não fumadoras. Os resultados do estudo Tobacco, apresentados pela Facilitas Healthcare, desvendam um dos mitos mais populares: o tabaco emagrece. Esta crença é, aliás, um dos principais argumentos utilizados pelos fumadores para evitar ou adiar a decisão de deixar de fumar.

“O consumo de tabaco está, normalmente, associado a hábitos pouco saudáveis. Em regra, os fumadores são menos conscientes da sua saúde e apresentam menor força de vontade do que os não fumadores, o que os torna mais vulneráveis ao ganho de peso. Mesmo no caso dos fumadores que tentam levar uma vida menos sedentária, está comprovado que o tabaco gera dificuldades na criação de músculo, causa flacidez e implica uma respiração descoordenada que dificulta a atividade física”,explica Marta Andrade, terapeuta de Cessação Tabágica da Facilitas Healthcare. Na edição de abril da Sport Life podes esclarecer este e outros mitos associados ao tabagismo.

 

De acordo com uma publicação da revista Lancet, “a falta de atividade física é uma pandemia, tão mortífera como o tabaco”.

A conclusão é de uma equipa de investigadores que apurou que a inatividade física mata tanto como o tabagismo. Segundo avançam, cerca de uma em cada dez mortes prematuras em todo o mundo tem origem na falta de exercício físico. O número de mortes prematuras provocadas pelos hábitos tabágicos é sensivelmente o mesmo.

Em 57 milhões de mortes em 2008, cerca de cinco milhões podem ser atribuídas à inatividade, estimam os investigadores.

A estimativa teve em conta quatro doenças crónicas: diabetes tipo 2, doenças cardíacas, cancro da mama e cancro do cólon, nas quais um dos fatores de risco é a falta de exercício.

O colesterol, a pressão arterial e níveis de açúcar elevados no sangue são sintomas que contribuem para a diabetes e doenças do coração e que podem ser combatidos com a prática de exercício.

No caso do cancro da mama, a redução de gordura corporal pode servir de proteção às mulheres, pois a gordura pode desencadear o crescimento de tumores no tecido mamário.

No que toca ao cancro do colón, os cientistas acreditam que o exercício ajuda a manter uma digestão regular, prevenindo a acumulação de resíduos potencialmente cancerígenos, que originem tumores.

Teoricamente, certas doenças poderiam ser prevenidas se a população se tornasse fisicamente ativa. Os cientistas adiantam mesmo que se a inatividade fosse reduzida em 10%, talvez se evitassem cerca de 500 mil mortes por ano. Já se a redução fosse de 25%, possivelmente seriam prevenidas cerca de um milhão de mortes.

De acordo com recomendações de estudos anteriores, deves fazer pelo menos 30 minutos de exercício físico diário, de intensidade moderada a intensa.

Estima-se que 30% dos adultos em todo o mundo não atingem este mínimo.

Sport Life/TM

Lançamento de Livro

Terça, 06 Novembro 2012 14:27

 

Lançamento do livro "100 perguntas e respostas sobre álcool, drogas e tabaco" com presença de Zé Pedro - Xutos&Pontapés

 (18h45 - 06/11/2012 | Bertrand Picoas Plaza)

O guitarrista prefaciou a obra e estará na sua apresentação para falar da sua experiência e da importância de um livro que esclareça jovens, pais e formadores, de forma prática e facilmente apreensível, para o mundo das dependências

Hoje, pelas 18h45, na livraria Bertrand do Picoas Plaza, a Pactor, lança o livro “100 Perguntas e Respostas sobre Álcool, Drogas e Tabaco”, da autoria de Vânia Weissberg, fundadora e vice-presidente da APIS (Associação de Prevenção e Intervenção Social), especializada, entre outras, na área das dependências químicas. A sessão de lançamento contará com a presença do Dr. João Goulão, Diretor-Geral do SICAD-Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (antigo Instituto das Droga e Toxicodependência), e de Zé Pedro, guitarrista da banda Xutos & Pontapés, que farão a apresentação da obra.

Numa época em que o estudo de 2011 divulgado pelo SICAD, sobre o consumo de drogas e outras substâncias psicoativas, revela que cerca de 33 mil alunos, entre os 13 e os 15 anos, já experimentaram drogas, sendo que 6.850 dos quais cocaína, e que, no caso do álcool, mostra que os jovens consumidores regulares são cerca de 20 mil alunos, sendo que destes 12% admite que bebe todos os dias ou semanas, a temática abordada por este livro ganha total pertinência.

Inspiradas nas dúvidas de muitos jovens que se diziam sem dúvidas sobre tabaco, álcool e outras drogas, as 100 perguntas e respostas que são apresentadas neste livro, procuram informar sobre como evitar o uso, o abuso e a dependência de drogas legais e ilegais.
 

nas Bancas


Videos Sportlife

Title: Desafio CrossFit WOD 4
You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.