SportLife

Quarta, 15 Junho 2016 21:34

Novos superalimentos

alga-espirulina-177081441Todos os anos aumenta a lista de superalimentos com propriedades “mágicas”. A verdade é que quase todos eles são alimentos naturais e têm de facto uma grande riqueza nutricional e muitos benefícios para a saúde. O bom é que com o passar do tempo se tornam mais populares e conseguimos encontrar a preços mais acessíveis nos supermercados habituais. Eis alguns exemplos:


Lúcuma (Pouteria lucuma)


É uma fruta de origem sul-americana proveniente da Colômbia utilizada quando está muito madura ou é seca para fazer farinha devido ao seu sabor doce. A lúcuma possui um elevado teor de amido e é rica em ferro, betocaroteno e niacina.


Trigo Freekeh, Farik ou Verde (Triticum turgidum var. Durum)


Originário do médio Oriente, é um trigo verde que se pensa possuir três vezes mais proteína e duas vezes mais fibra do que o arroz; é também fonte de selénio, potássio, magnésio, fósforo e ferro. Devido ao seu índice glicémico ser menor ao do trigo normal é uma boa opção para diabéticos e proporciona energia de longa duração para desportistas. Mas contém glúten pelo que não é aconselhável para celíacos.


Kañiwa (Chenopodium pallidicaule)

Um cereal primo da quinoa que também cresce em altitude na Bolívia ou no Peru. Tem mais de 15% de proteína e é rico em cálcio, ferro, zinco, flavonoides, antioxidantes e fibra. Não contem glúten e tem a vantagem frente à quinoa de não ser amargo nem ter de ser lavado porque não contém saponinas.


Arroz Negro Chak-hao (Oryza sativa L)


É um arroz que se cultivava em Myanmar e Manipur. Apresenta inúmeras propriedades, apesar da sua escassa produção, por isso era denominado de "arroz proibido" pois era reservado apenas para a família imperial. É rico em ferro, vitaminas B e E, cálcio, fósforo, fibra e antocianinas.


Farinha de banana verde


É uma farinha típica da cozinha africana e sul-americana que se obtém da banana verde. É conhecida por não conter glúten e possuir propriedades laxantes, energéticas e pela sua textura para poder confecionar sobremesas sem açúcar ou farinha de trigo.


Camu Camu (Myrciaria dubia)


É uma fruta de uma árvore proveniente do Amazonas e contém 50 a 100 vezes mais vitamina C do que a laranja, vitaminas B, cálcio, fósforo, ferro, aminoácidos, antioxidantes e flavonoides. A sua polpa é usada para prevenir e tratar a diabetes, o colesterol e para reforçar o sistema imunitário.


Spirulina


É uma alga do género Arthrospira que cresce nos lagos tropicais alcalinos dando-lhes uma cor verde-azulada. Tem sido utilizada como um suplemento vegano clássico pelo seu elevado conteúdo em proteínas vegetais de alto valor biológico, vitaminas do complexo B (incluindo a vitamina B12), betocarotenos, vitamina C, vitamina E e minerais como potássio, ferro, fosforo, magnésio e zinco. Possui ainda clorofila e ácidos gordos insaturados. Pode ser encontrada à venda sob a forma de pó ou em comprimidos.

Comentar


Código de segurança Actualizar

nas Bancas

Instagram

Videos Sportlife

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.