SportLife

Nutrição
Quinta, 25 Abril 2013 23:49

Os benefícios do abacate

Publicado em Nutrição

O abacate (Persea americana), ao contrário dos outros frutos, tem baixo teor de açúcares e contém uma boa quantidade de gordura monoinsaturada, o mesmo tipo que constitui maioritariamente o azeite. Apresenta também uma grande variedade de vitaminas, minerais e fitoquímicos, tais como a luteína, antioxidantes fenólicos e fitoesteróis, associados a inúmeros benefícios para a saúde.abacate

Foi realizado um estudo, com 17 567 participantes, que investigou a relação entre o consumo de abacate e a qualidade da alimentação, a ingestão de energia e nutrientes, o peso corporal e os fatores de risco para o Síndrome Metabólico. Verificou-se que pessoas que consumiam abacate, tinham ingestões mais elevadas de frutas e legumes e menor ingestão de açúcares adicionados. Também apresentavam uma maior ingestão de gordura monoinsaturada e polinsaturada, de fibra alimentar, vitamina E, vitamina K, magnésio e potássio. Os consumidores de abacate apresentaram menor peso corporal, índice de massa corporal e perímetro da cintura e maiores níveis de colesterol HDL, o “bom”, observando-se um risco reduzido para metade de desenvolver Síndrome Metabólico.

Fulgoni V, Dreher M & Davenport A. Avocado consumption is associated with better diet quality and nutrient intake, and lower metabolic syndrome risk in US adults: results from the National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES) 2001–2008. Nutrition Journal2013,12:1

Quinta, 25 Abril 2013 22:37

Quais são os tipos de vegetarianismo que existem?

Publicado em Nutrição

Quais são os tipos de vegetarianismo que existem?

vegeta

Tipo de Vegetarianismo

Alimentos ingeridos

Alimentos não ingeridos

Lacto-ovo-vegetariano

Laticínios, ovos, frutas, vegetais, leguminosas, cereais, frutos secos, sementes, gorduras e óleos vegetais

Carne e peixe

Lacto-vegetariano

Laticínios, frutas, vegetais, leguminosas, cereais, frutos secos, sementes, gorduras e óleos vegetais

Ovos, carne e peixe

Ovo-vegetariano

Ovos, frutas, vegetais, leguminosas, cereais, frutos secos, sementes, gorduras e óleos vegetais

Laticínios, carne e peixe

Vegan ou vegetariano estrito

Frutas, vegetais, leguminosas, cereais, frutos secos, sementes, gorduras e óleos vegetais

Laticínios, ovos, carne e peixe

e em alguns casos o mel

Existem também outras categorias alimentares que são associadas ao vegetarianismo, dentro das quais podemos encontrar:

Outras variantes alimentares

Alimentos ingeridos

Alimentos não ingeridos

Semi-vegetariano ou Flexitariano

Alimentos de origem vegetal, ovos, laticínios e peixe. Permite o consumo de carne branca (até 3 vezes por semana).

Carne vermelha

Frugívoro

Fruta, leguminosas e sementes

Alimentos de origem animal e de origem vegetal que causem a morte da planta (raízes, tubérculos, rebentos)

Crudívoro ou Naturalista

Frutas, vegetais, frutos secos, algas, sementes e grãos germinados (sem serem cozinhados, processados ou alterados)

Alimentos de origem animal e alimentos vegetais cozinhados, com conservantes, temperos ou fermentações.

Se queres um verdadeiro guia de alimentação lê a Sport Life de maio 2013

Terça, 23 Abril 2013 09:57

Suplementação com creatina

Publicado em Nutrição

Pode induzir stress oxidativo

A suplementação com creatina tem sido uma das mais utilizadas entre os desportistas.salto

Muitas são as alegações feitas em torno deste suplemento, uma delas sendo o aumento da performance, mas também existem algumas preocupações em torno da toma de creatina, tal como o stress oxidativo (ou seja, o desequilíbrio entre o nível de substâncias oxidantes, capazes de provocar lesões a nível celular, e as defesas do organismo).

Foi realizado um estudo que teve como objetivo verifi car os efeitos da suplementação com creatina monohidrato na força muscular e no stress oxidativo, no qual foi comparado um grupo de desportistas que tomaram creatina monohidrato com outros que não tomaram. Chegou-se à conclusão, após terem sido realizadas análises sanguíneas, que a suplementação promoveu o decréscimo do estado antioxidante total e o aumento dos níveis de ácido úrico, sugerindo que a suplementação com creatina, apesar de promover melhoria aguda na força muscular (sem terem sido verifi cadas alterações na composição corporal), pode induzir a stress oxidativo nos indivíduos.

Segunda, 25 Março 2013 18:57

Dieta do Tupperware

Publicado em Nutrição

Vantagens:

·         É uma comida pouco calórica e com pouca gordura

·         Inclui alimentos ricos em fibrae saciantes

·         Geralmente inclui frutas e verduras

·         Ajuda a emagrecer e a manter o peso

·         É económica

·         Não se perde muito tempo

·         Necessita de menor tempo de preparação

 

Problemas possíveis:

·         Como a comida já foi cozinhada há bastante tempo, refrigerada e depois embalada para levar para o trabalho, é normal que já tenha perdido grande parte da vitaminas e minerais

·         É pobre em ácidos gordos essenciais

·         Pode não incluir a quantidade de proteínas necessária

·         Ao ser demasiado hipocalórica pode provocar cansaço e fadiga, por falta de energia.

·         Isola-te socialmentedo resto dos teus colegas.

·         Tende a ser uma alimentação monótona

·         Só podes trazer comida para ser aquecida ou come-la crua, não te dá acesso a comida acabada de cozinhar

 

Como melhorá-la:

·         Começa o dia com um bom pequeno-almoço(fruta, cereais integrais, lacticínios e frutos secos)

·         Equilibra as carências com um jantar mais completo, incluindo sopa de legumes e um prato principal (metade salada ou legumes, um quarto de carne ou peixe e o outro quarto com arroz, massa, batata cozida ou assada, feijão ou outro equivalente).

·         Procura escolher alimentos mais frescose menos embalados

·         Não repitas o mesmo todos os dias, aposta na variedade

·         Se preferes saladas, vai alternando o tipo vegetais todos os dias, tens muito por onde escolher

·         Introduz as gorduras saudáveis nas tuas refeições, sob a forma de azeite extra virgem, peixes gordos (atum, cavala, sardinha, salmão), abacate, frutos secos (nozes, amêndoas, avelãs, amendoins,…) ou sementes (de girassol, de linhaça, de sésamo,…).

·         Lembra-te sempre de introduzir alimentos com proteínas de alto valor biológiconas tuas saladas, como: carnes magras, peixe (pelo menos 2 a 3 vezes por semana peixe gordo) ou ovo

 

Queres saber de outras dietas? Artigo completo na revista Sport Life de abril 2013

Pág. 3 de 16

nas Bancas


Videos Sportlife

Title: Desafio CrossFit WOD 4
You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.