SportLife

Terça, 03 Maio 2016 23:56

Puxa e ‘afasta’ a pega

Publicado em Fitness

separar agarre 11Nos exercícios de pull não se trata apenas de aproximar a carga fletindo os braços, é importante integrar a retração escapular que implica levar os ombros atrás e juntar as omoplatas para ativar os músculos adutores.


Para conseguir, um recurso muito eficaz é tentar afastar a pega. Esta ação irá facilitar a retração escapular sobretudo no final do movimento.

 

separar agarre 12- Sem a retração escapular aprecia-se uma posição cifótica e os cotovelos ligeiramente afastados.

- Ao implicar a ação de afastar a pega, os ombros projetam-se para trás, os cotovelos aproximam-se do tronco e as omoplatas juntam-se.separar agarre 16separar agarre 17

Terça, 03 Maio 2016 23:42

Trabalha o core, previne lesões!

Publicado em Fitness

abdominais 3Trabalha o core, previne lesões!


Com o avanço da capacidade técnica individual é óbvia a necessidade de aumentar a intensidade de treino ou a carga externa aplicada, sendo recorrente o aparecimento de lesões. Muitas vezes, a causa é a fragilidade articular no decorrer de um movimento. O trabalho de core torna-se assim na chave para prevenir algumas das lesões decorrentes do treino e até mesmo as lesões que surgem no realizar um movimento do quotidiano.


Ao realizar um crunch (abdominal - exercício de flexão do tronco) o recto abdominal e restantes músculos da parede abdominal são realmente ativados. No entanto, se este exercício for analisado, conclui-se que o mesmo não retrata nenhum movimento do quotidiano visto que no dia-a-dia estes grupos musculares servem para desacelerar o movimento (são mais estabilizadores do que flexores do tronco). A acção repetida de flexão do tronco é um potencial mecanismo de lesão pela compressão exercida nos discos intravertebrais, tornando-se contraproducente ativar melhor o core para prevenir lesões quando na realidade é aumentado o risco de lesão pela prática repetitiva deste exercício.


Por Fhit Unit

Terça, 03 Maio 2016 23:39

Treinar o core é importante. Sabe porquê!

Publicado em Fitness

abdominais 1Treinar o core é importante. Sabe porquê!


O treino de core tem-se mostrado interessante na melhoria da performance desportiva (num treino conjunto com outras capacidades físicas e não em treino isolado) e na prevenção e reabilitação da dor lombar.  


A dor nas costas é cada vez mais recorrente pelo estilo de vida sedentário da população mundial e o treino de core ajuda a aliviar e a prevenir a dor lombar.


Para que isso não aconteça, é importante realizar uma ativação do músculo transverso do abdominal, de modo a que este seja recrutado em primeira instância e não após o início do movimento. O treino de core possibilita uma maior estabilização da coluna e uma transferência de forças, entre a zona superior e inferior do corpo, com uma dissipação mínima de energia, que se traduz numa melhoria da performance mas também na prevenção de lesões.


Por Fhit Unit

Terça, 03 Maio 2016 23:37

Sabes quais são as funções do core?

Publicado em Fitness

abdominais 1Sabes quais são as funções do core?


As suas principais funções são a estabilização da postura, transferência de energia entre o tronco e os membros e a conexão articular dos membros superiores e inferiores.

 

Também são constituintes do core outros grupos musculares poli-articulares como o grande dorsal e o psoas-ilíaco. Por sua vez o glúteo, que trabalha como sinergista na estabilização da postura é, igualmente, incluído nos grupos musculares que compõe o core. 

 

Graças à contração simultânea (co-contração) do core é possível a realização de inúmeras ações - desportivas ou apenas atividades do quotidiano - pelo seu trabalho de estabilização dinâmica das cinturas escapular e pélvica e da coluna vertebral.


Por Fhit Unit

Pág. 1 de 17

nas Bancas

Instagram

Videos Sportlife

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.