SportLife

Corrida
Quarta, 02 Abril 2014 19:39

Carro Meta na Wings For Life World Run

Publicado em Corrida

SISTEMA INOVADOR SUBSTITUI A TRADICIONAL LINHA DE METAWFL carro meta 1


Estão finalmente revelados todos os pormenores do Carro Meta Oficial, sem dúvida uma das caraterísticas mais originais da Wings for Life World Run. O sistema substitui a tradicional linha de meta e o seu funcionamento sincronizado em 35 percursos dos seis continentes será um dos maiores desafios da organização.

Na opinião do Director Desportivo Internacional da Wings for Life World Run, o Carro Meta Oficial é um dos principais fatores diferenciadores da primeira corrida global da história. O britânico Colin Jackson, uma lenda do atletismo internacional, reage assim no dia em que são pela primeira vez divulgadas as caraterísticas originais deste sistema, que substitui a tradicional linha de meta; “Para alguns, o Carro Meta será certamente a parte mais entusiasmante da corrida. Para outros será o seu maior pesadelo! É aqui que as coisas se tornam interessantes, pois ao contrário do que acontece nas corridas tradicionais, aqui é a meta que persegue os corredores. O funcionamento é simples, com os Carros Meta existentes nos 35 percursos a arrancarem ao mesmo tempo, precisamente meia hora depois do pelotão ter saído. Quando o Carro Meta apanha um atleta a sua prova termina e é altura de apanhar um transporte de volta para a partida e... celebrar!

WFL

O Carro Meta Oficial está equipado com uma tecnologia inovadora de rastreamento, desenvolvida especialmente para a Wings for Life World Run. Quando os participantes deixam a partida, o chip que transportam integrado no seu dorsal é ativado. No momento em que o Carro Meta passa por um atleta, este mesmo chip é desativado – significando o fim da corrida para esse participante. Arrancando precisamente 30 minutos após a saída dos participantes, o Carro Meta vai progredir durante a primeira hora a uma média de 15 quilómetros por hora. Ao fim da primeira hora passa para 16 km/h e da segunda para 17 km/h. O próximo patamar são os 20 km/h (após a terceira hora), subindo o ritmo para os 35 km/h ao fim de cinco horas e meia de corrida.

Depois de serem ultrapassados pelo Carro Meta e terminarem a sua corrida, os participantes são transportados em autocarros da organização de regresso à zona da partida. Para terem uma ideia da distância que podem potencialmente atingir, os participantes devem introduzir os seus dados no Calculador existente na página oficial da corrida em www.wingsforlifeworldrun.com - verificando assim se os seus objetivos são ou não realistas face ao ritmo a que se propõem correr.

As inscrições para a primeira edição da Wings for Life World Run estão abertas até ao dia 20 de abril em exclusivo na página oficial em www.wingsforlifeworldrun.com. Com um percurso costeiro que vai partir da praia da Comporta às 11 horas do dia 4 de maio – rumando em direção ao sul até Vila Nova de Milfontes.

WFL carro meta 2

WINGS FOR LIFE WORLD RUN 2014 – Da Comporta a V.N. Milfontes

4 de maio 2014 – Comporta – 11horas

35 localizações em 33 países de 6 continentes

Todas as receitas (inscrições e patrocínios) revertem integralmente para a Wings for Life Foundation

 

Quinta, 27 Março 2014 23:15

Treino Grátis com a Sport Life e COMPRESSPORT

Publicado em Corrida

Treino para 100 pessoas!TESTING-ZONE-OEIRAS


No dia 29 de março às 10h, a Compressport, em conjunto com a Câmara Municipal de Oeiras e a Sport Life, vai promover um treino original de duas distâncias: 10km e 5km. Todos os participantes terão a oportunidade de experimentar o modelo mais famoso da marca, as perneiras R2. Para além das T-shirts técnicas personalizadas que  a Compressport irá oferecer a todos os participantes, irá existir ter águas, fruta, massagens e outras surpresas.

Vamos ter a acompanhar o treino vários atletas profissionais.

Link para inscrição:

https://app.weventual.com/detalheEvento.action?iDEvento=1001

Quarta, 26 Fevereiro 2014 16:59

Carlos Sá na Ultramaratona Caballo Blanco

Publicado em Corrida

CarlosSá

O ultramaratonista Carlos Sá vai participar na 12ª edição da Ultramaratona solidária “Caballo Blanco”, no México. Com início a 2 de março, trata-se de uma icónica corrida com a extensão de 80 quilómetros, em Urique, no estado de Chihuahua, distinguindo-se por ser uma prova com uma forte componente solidária de apoio ao povo nativo Tarahumara. Esta prova de caráter anual, a corrida foi fundada em 2003 pelo lendário ultramaratonista norte-americano Micah True – conhecido por “Caballo Blanco” –, com o objetivo homenagear e preservar a cultura e o legado histórico do povo Tarahumara, célebre pela sua notável capacidade de correr longas distâncias para caçar, cansando as suas presas até as apanhar.

 

A prova tem uma única etapa de 80 quilómetros em trilhos montanhosos entre os 500 e 1800 metros de altitude. Os corredores do povo Tarahumara (também conhecidos como Rarámuri) que participam na prova e completem circuitos estabelecidos pela organização recebem produtos como milho, feijão, arroz ou farinha para as suas famílias. São ainda distribuídos gratuitamente cobertores e alimentação para todos os corredores do povo Tarahumara e para as suas famílias.

 

Aos 40 anos, o atleta português natural de Barcelos participa pela primeira vez na Ultramaratona “Caballo Blanco”. É o segundo grande teste de Carlos Sá em 2014, depois da sexta posição alcançada na Coastal Challenge, prova que decorreu em Rain Forest na Costa Rica, no início de fevereiro. Esta sexta posição soube a pouco ao atleta que ficou de fora da decisão da vitória da corrida devido a um possível erro de marcação/navegação que levou Carlos Sá a fazer um percurso muito maior que os seus adversários. Recorde-se que julho do ano passado, Carlos Sá alcançou o maior feito de um atleta português em corridas extremas de longa distância com a vitória na ultramaratona Badwater – uma das mais duras e seletivas provas mundiais da modalidade, com uma distância total de 217 quilómetros, percorridos numa única etapa, anualmente disputada na zona do Vale da Morte, na Califórnia.

Segundo o próprio Carlos Sá, “Será um prazer conhecer ao vivo esta cultura de ultra corredores [do povo Tarahumara], considerados os mais resistentes do planeta. Ali respira-se a essência da Ultra Corrida e os seus valores. Os Tarahumara são um povo que nos mostra a atitude que devemos ter com o desporto. A cultura de partilhar experiências de vida uns com os outros utilizando como meio a corrida. A competição é trocada pelo desafio de correr quilómetros sem fim nos trilhos inacessíveis das suas agrestes montanhas.”

Quarta, 05 Fevereiro 2014 23:31

Aprende a Treinar - Especial Corrida

Publicado em Corrida

No dia 15 de fevereiro vamos ter mais um Aprende a Treinar desta vez dedicado à Corrida para quem quer iniciar ou evoluir nesta modalidade.Beloura aprende

 

O evento irá realizar-se no Holmes Place da Quinta da Beloura e terá 3 workshops: um de treino com Miguel Lucena para iniciar ou evoluir na corrida, o segundo de nutrição especializada com Marco Pereira para quem corre e outro ainda com o fisioterapeuta da revista, Luís Nascimento, que irá abordar as lesões da corrida e a maneira de as evitar. Se corres ou queres começar a correr, não percas este evento. Como sempre, o almoço está incluído e todos os workshops também. No final um treino de corrida num percurso espetacular está à tua espera!

 

 

Inscreve-te http://www.sportlife.com.pt/eventos/aprendeatreinar-holmesplace/

Pág. 2 de 18

nas Bancas


Videos Sportlife

Title: Desafio CrossFit WOD 4
You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.